Aprendendo com as máquinas

Quando eu era adolescente, aprender a tocar um instrumento musical era um inferno. Uma aula por semana, caríssima, e o resto era ficar ouvindo fitas rebobinadas, tentando entender cifras em papel – se você nunca tentou ler uma cifra de instrumento musical, é como aprender a pronunciar francês lendo – e pronto.

Com a tecnologia de hoje, você pega um videogame como o Rocksmith, que praticamente entrega tudo de mao beijada. Você diminui a velocidade, vai evoluindo passo a passo e aprendendo cada nota das músicas que gosta, acelerando no seu próprio ritmo. Se ficar oito horas praticando, sao como oito horas com um professor capaz de escutar cada detalhe.

E nós ainda estamos na infância do aprendizado eletrônico

Em 2004, era impossível imaginar aprender um instrumento musical com um videogame. Dez anos transformaram a humanidade. Imagine o crescimento exponencial dos próximos dez. Eu consigo ver as crianças nao indo mais para nenhum tipo de escola de música, de programaçao, de física, mas aprendendo no seu próprio ritmo, do jeito que gostam mais, com tutores robôs.

Mas e as matérias que você precisa pensar?

A minha cínica opiniao diz que a maioria das coisas que se ensinam na escola sao dados. Decoreba. Coisas que a wikipedia já tem e nós encontramos com uma googlada.

Todo o resto, a capacidade de raciocinar, isso a gente só aprende dialogando. Nao adianta mandar moleque pra escola e deixa-lo numa classe de 50 alunos, que o professor é tao inútil quanto um vídeo de um professor. Pra pensar, o aluno vai precisar expor suas ideias e ouvir críticas, e também criticar. Sócrates – o que nao jogava futebol, óbvio – já explicou, tropecentos anos atrás. E se você nao sabe do que eu estou falando, dê um passeio na wikipedia.

E o diploma?

O meu só serve pra estorvar. Um maldito papel A3, cabe em lugar nenhum e eu tenho que guardar pra nao amassar.

Só precisam de diplomas professores, médicos, engenheiros e funcionários públicos. Todo o resto, meu nego, vai viver de reputaçao profissional, e isso papel nenhum dá.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.