E o meu medo de ter medo?

As pessoas tendem a acreditar que, um dia, os corretores ortográficos funcionem.

Os governantes acreditam que é possível regulamentar e controlar a internet.

As religiões tentam compartimentalizar as dúvidas, na esperança que a morte resolva todos os problemas criados pelo acaso.

Nós todos passamos a vida inteira tentando organizar o impossível, classificar o caótico, ordenar átomos. Todos os dias, o tempo inteiro. E criticamos quem faz experiências falhas. “A teoria de Freud tem buracos”, “o Zodíaco não pode ser capaz de classificar todos os tipos de pessoas”, “o meu amor é diferente de todos os outros”.

A insegurança decorre da incapacidade de prever o futuro, causada pela excessiva capacidade de imaginar resultados negativos. Tenho medo de ficar sem grana quando me aposentar. Alguém pode entrar na minha casa e roubar meus documentos. Eu não sei se a minha senha da Dropbox é 100% segura.

É parte da condição humana buscar a fronteira entre a saudável paranóia que impede desgostos e o medo do implausível. E também é humano e natural nos enganarmos. É o mesmo medo, em graus diferentes, que me faz comprar um cadeado para a bicicleta e votar em um governo cuja política é exterminar uma minoria da população que potencialmente teria algum interesse em destruir o sistema.

Mas como diminuir o volume da insegurança?

É um problema interno. Todos temos medo, e algumas pessoas têm medo de quase tudo. Ficam paralizadas ou não enfrentam o perigo. Quem não tem coragem de entrar numa piscina quando criança, e passa a vida inteira sem mergulhar, perde várias experiências porque a própria imaginação, um dia, conseguiu ser mais forte do que o auto-controle. Quem tem medo de morrer e move mundos e fundos, gasta tempo e recursos tentando impedir a passagem desta pra melhor, também termina encontrando um fim. Quem cria um sistema para controlar a rede fatalmente encontra um bug no sistema, um programador mal-intencionado, um contra-espião, ou um novo nó na rede, imune ao controle do plano inicial.

O problema de lutar contra o medo é que isto é uma luta contra a imaginação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.