O Facebook nunca foi tão útil

Toda vez que surge uma nova aplicação, programa ou site hypado, sempre aparecem os chatos perguntando pra quê servem, ao invés de tentarem descobrir por conta própria as mil e uma utilidades.

A grande força do Facebook é a de conectar pessoas. Socializar. Aumentar os pontos de impacto sociais. Encontrei no Yorokubo a notícida que a ONG holandesa Ikgebruik pensou nisso e pensou em que tipos de problemas podem ser curados com o aumento da socialização.

Sim, o vício

A grande perda que o vício em drogas ou álcool gera nos viciados é a dessocialização. Por isso, o AA e as religiões são a maneira mais eficaz de convencer alguém a continuar deixando (porque é um processo, não uma ação) o vício.

Monica é uma mulher de 37 anos que vai usar as redes sociais para tentar largar as drogas. Com a ajuda de seus amigos de Facebook, esperamos que consiga. E sabendo que a internet é esse lugar cheio de pessoas boas e que incentivam a auto-superação, eu acredito de verdade que a experiência dê certo.

Esta é a única utilidade do Facebook?

Claro que não. Vemos a cada dia exemplos de gente que faz amigos, se junta em prol de objetivos em comum, ou simplesmente gente que salva a vida de deprimidos, como o maravilhoso projeto Postsecret.

A onda é buscarmos cada vez mais e melhores maneiras de conectarmos pessoas com interesses positivos comuns, e torná-los realidade com o uso de tecnologias. É essa a mágica da internet.

0 Comments on “O Facebook nunca foi tão útil”

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.