Oito maneiras especiais de perder o tempo

Eu detesto quem perde o dia lendo besteira no Twitter. E também quem gasta 40 horas por semana jogando videogame. Ou aprendendo a escrever HTML. Ou francês.

Como todo mundo deveria saber, são atividades inúteis. Tudo de importante que foi dito em francês foi ou será traduzido pro português, e eu nunca vou conseguir entender perfeitamente todas as nuances dessa língua que nem é tão importante assim. A gente nem sabe o nome do presidente de lá. Ou será presidenta?

HTML é coisa besta. Sem saber CSS, Python, SQL e mil outras coisas, não é suficiente para alguém pagar as contas. Melhor estudar mais da sua área, e melhorar sua gramática.

Videogame é inútil, e nem comece com esse papo de que cirurgiões que jogaram na infância têm melhor habilidade manual, que tudo que Aponta Estudo™ é furada.

E Twitter? Nem vou falar.

Existem mil maneiras de perder o tempo. E a pior de todas é ficar encontrando razoes para criticar como outra pessoa perde o tempo que é dela.

“Matamos o tempo, e ele nos enterra.” – Machado de Assis

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.