Para entender a internet social: gatos

Antigamente, havia um ditado: para entender pra onde a tecnologia vai, siga a pornografia. Era batata. Entendemos que os sites começavam a sair do flash, aprendemos SEO, aprendemos a fazer paywalls que funcionam de  verdade, streaming, etc e tal.

A pornografia perdeu o bonde de liderança em parte quando surgiu a web social, porque o consumo dela é bem mais íntimo. Não há um site onde possamos compartilhar playlists de filmes porno (oh wait), ou, se houver, eu não vou publicar no meu feed do twitter.

Então, sugiro uma nova ferramenta de orientação, bastante óbvia pra um monte de gente. Gatos.

Onde houver inovação de conteúdo, haverá gatos. Se você não tem história para contar, testa a tecnologia com gatos. Se funcionar, funciona com o resto. Social Catworking, The Catorialist, etc etc.

Os gatos são os memes por definição, podem ser repassados em qualquer rede sem problemas, críticas de chefes ou familiares, e  permitem o uso de todo tipo de tecnologia.

Então, para fazer a retrospectiva de 2010 em alto estilo para que você possa entender 2011, veja os 30 gatos mais importantes da internet em 2010, via @rafaamaral.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.