Quem cria barreiras?

Algumas das pessoas mais inteligentes que eu conheço estão presas.

A paranóia é uma prisão. A mente prende a si mesma dentro das grades das expectativas futuras.
O conhecimento é uma prisão. A mente se prende nas regras criadas pela própria experiência limitada.
O autoritarismo é uma prisão. A mente se enquadra na ilusão de não deixar-se confiar no que não conhece.
A esperança é uma prisão que nos enquadra em esperar que o futuro seja limitado à nossa imaginação.
A bondade nos prende ao fazer acreditarmos que o bom para um é o bem de todos.
A crença nos impede de ver os fatos.
Os fatos são restritos pela experiência.
Quanto mais forte somos, menos sábios.

Eu acho que o maior erro das pessoas inteligentes é acreditar que o conhecimento pode se solidificar, construindo uma torre (cargo, título, honraria), e deixar de continuar procurando, curiosando e criando. A hora do beija-mão, da entrega do diploma, destrói o que temos de mais único, humano e poderoso.

2 Comments on “Quem cria barreiras?”

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.