Quem mede, muda

Faz muito tempo que eu não faço nenhuma mudança estrutural séria em nenhum dos meus blogs. E também faz muito tempo que eu não meço nada: visitas, cliques, assuntos. Às vezes deixo comentários não moderados por semanas, esqueço realmente das lições básicas de comunicação digital, essas coisas.

Não é intencional, mas também tem uma razão prática. Não há tempo no mundo que chegue pra fazer tudo o que eu quero fazer. Então os bloguezinhos ficam pequeninos, mirradinhos.

Pra quê medir?

Se você vai atrás dos dados, termina descobrindo o quê está funcionando, o quê agrada, o quê os leitores querem ler mais. Ou menos.

E aí começa a vontade de gerar mais coisas que interessam, de tentar encontrar a fórmula, de alinhar conceitos.

Só que eu não tenho tempo pra ficar testando e mudando.

Pra que mudar?

A era dos blogs acabou. Ninguém mais fica rico sem um plano editorial, conteúdos muito bem preparados e tal e pá. Os comentários viraram uma coisa meio amorfa e sem sentido, e eu apoio totalmente essas campanhas pra incentivar as pessoas a não lerem, principalmente em jornais.

Cuidando e podando, feito plantinha

O certo é prestar atenção ao crescimento, diminuir os galhos que vão pro lado errado, e conseguir que o crescimento vá na direção correta.

Se for pra crescer sem direção, nem vale a pena.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *