Clientes, uma paródia-homenagem a Filli e o genial desconstrução

Filli escreveu Desconstrução, uma paródia mega-massa da vida de um publicitário, e hoje, estava com saco cheio da vida, fazendo uma retrospectiva da carreira, e escrevi os versinhos de pé-quebrado abaixo. Perdão a Filli, aos clientes, ao Martinho da Vila[bb], e a você que vai ter que ler isso.

Já tive clientes profissionais e amadores
De várias empresas e muitos horrores
Em muitas campanhas trabalhei e criei
Em outros briefings apenas neurônios deixei

Já vendi sabão, detergente e até comida
Escola, concessionária, seguro de vida
Depois do trabalho até frila eu já fiz
Campanha política e até pra meretriz

Clientes cabeça e desequilibrados
Gerentes confusos, de guerra e de paz
Mas nenhum deles me fode a cabeça como você me faz

Procurei em todas as agências a felicidade
Briefing perfeito, só na universidade
O job estava bem, mas a refação é ruim

Você é o dono da conta, o rei da verdade
Tudo vai ser feito segundo a sua vontade
Mas esse anúncio é uma merda, pode acreditar em mim

6 Comments on “Clientes, uma paródia-homenagem a Filli e o genial desconstrução”

  1. venha pra recife e vamos cantar isso bebados e desafinados.

    ficou muito bom, meu querido. muito!
    um beijo em você.

  2. boa!

    😀

    essa música está no playlist de todas as agências… e apertam o repeat todo dia.

  3. Hahuahuahuahuahuahahuauhahuahua. Foderosamente foderoso, Tarrask. Vamos gravar essa porraaaaaaaaaa. Hahahahahauaa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.