O mundo gira e a Lusitana roda

Eu acordo e vejo esse link, que muda toda a minha programação mental.

É um vídeo do Financial Times, clique aqui para assistir.

O resumo da conversa é que um economista inglês falou que o Brasil deveria anexar Portugal.

Claro, esse é o título. A conversa é diferente. Em resumo, diz que o Brasil tem uma economia forte e crescente, que aguentaria, sem quase nenhum problema, pagar a dívida externa portuguesa. Nas próximas semanas, o governo de transição terá que pagar uma dívida de uns dez bilhões de Euros, que os lusitanos não têm. E pior, a dívida é maior, e eles terão que economizar, de verdade, muito mais dinheiro do gasto público. Já estão acontecendo cortes em aposentadorias, diminuição de salário e outras medidas superimpopulares. Pra quem entende direito, aquele papinho que rola no Brasil de direito aquirido, líquido e certo, morreu bonito. Gente que se aposentou agora, ou que já recebia aposentadoria, teve o ordenado mensal simplesmente diminuído.

E mesmo assim, todas as drásticas medidas não estão funcionando direito.

Enquanto isso, nas terras de Pedro Álvares Cabral, dez bilhões de Euros não servem nem pra pagar os carros novos dos deputados federais.

Sou suspeito, mas bem, todos somos suspeitos pra falar dessa historia

Por razões pessoais, eu sou completamente a favor de Portugal e Brasil virarem tudo uma coisa só. Nem façam plebiscito, que eu voto e faço campanha. Mas, quando eu conheci Cristina, eu costumava dizer que a gente deveria fazer algum tipo de acordo, e começava a enumerar vantagens. Vejam só:

  1. Cristiano Ronaldo seria o melhor camisa 7 da Seleção desde Garrincha. Tem gente que não gosta do cara, porque é marrento, gastador e metido. Mas bem, eu sou fã do Romário, não posso reclamar.
  2. Mourinho pra técnico. Tem gente que não gosta do cara, porque é marrento, economizador e metido. Mas bem, leia a primeira linha.
  3. Lisboa é uma capital MUITO mais bonita que Brasília, que tem uma ponte construída sobre um lago artificial.
  4. Os brasileiros e portugueses teriam trânsito livre na União Meropeia e no MercoSurto.
  5. Poderíamos ganhar a EuroCopa e a Copa América no mesmo ano e esfregar na cara da Argentina.
  6. Os portugueses não gostam muito do presidente, e o governo deles não tem prestígio internacional. Em compensação, o Congresso deles faz muito menos besteiras que o nosso. Até onde eu sei, o Judiciário dos dois países empata por W.O. Congresso em Lisboa, Executivo em Brasília.
  7. Açores, Madeira, Fernando de Noronha. As ilhas mais legais do mundo, todas juntas.
  8. Os brasileiros correriam o risco de ter jornais escritos corretamente, sem falhas.
  9. Bruno Aleixo viria mais vezes ao Brasil.
  10. Os Gato Fedorento são muito mais engraçados que quase todos os humoristas brasileiros.
  11. O Vasco da Gama poderia, finalmente, disputar o campeonato português, junto com a Portuguesa de Desportos.
  12. Saramago seria ensino obrigatorio nas escolas. Lobo Antunes também, e se rolasse Mia Couto, já seria o paraíso na terra.
  13. Vinho do Porto sem pagar exportação.
  14. Já teríamos estádios suficientes para a Copa de 2014.
  15. Os portugueses poderíam tirar férias no inverno deles, no litoral nordestino. Já aconteceu.
  16. O Brasil passaria a ter acesso a universidades decentes, respeitadas e prestigiadas.
  17. Os portugueses não seriam mais alvos de piada. Agora a moda seria tirar onda com os alentejanos.
  18. Os espanhóis iriam morrer de inveja dos portugueses, e pediriam o resgate a Hugo Chávez.
  19. Champions League.

Bem, vou acabar a brincadeira por aqui, antes que alguém resolva ficar chateado. 😀

0 Comments on “O mundo gira e a Lusitana roda”

  1. Eu concordo com a maioria das idéias polêmicas.
    Depois que elas deixam de serem polêmicas, passam a ser aceitas pela minoria, eu vou catar outras.

    🙂

Leave a Reply to Ovidio Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.