Um problema diferente

Acho que já está enchendo o saco a minha mania de dizer que os jornais tão acabando, né?

Mas eu continuo.

Neste post, Seth Godin fala do telégrafo acabar por causa do telefone, e dá outros exemplos (YouTube x TV, web x jornais). E porque o que vem depois acaba com o primeiro?

O pessoal antigo (ia dizer jornalistas, mas nem todo jornalista defende o atraso) normalmente defendem que as grandes empresas jornalisticas são mais confiáveis, que as pessoas estão acostumadas a ler no papel, que a internet não tem audiência suficiente, que o conteúdo da internet é pior que o dos jornais.

Os jornalistas sempre checam as fontes. Mentira. E a internet vai continuar mostrando, cada vez mais, o erro da galera.

As pessoas estão mais acostumadas a ler no papel. Não são as pessoas que estão acostumadas. Sinto muito. São os velhos. É uma curva descendente, sempre, a porcentagem de jovens que lê os periódicos impressos.

A internet não tem audiência. Onde? Precisa de link pra isso?

O conteúdo da internet é superficial, bobo e feio. Quer dizer que este blog citado aí tem mais conteúdo que toda a internet? Porque aí estão todos os colunistas dos principais jornais brasileiros. E raramente você vê algum artigo interessante, e eu creio que isso se dá, principalmente, porque eles tem que escrever todos os dias, artigos de opiniões repetidas. Não há conversa, não há diálogo.

Eu gosto muito de falar de jornalismo porque acho que é a melhor maneira de discutir a publicidade, com um ofício-irmão.

Atualmente, a propaganda está enfrentando os mesmíssimos problemas, e a maneira tradicional de trabalhar vai acabar pela mesma razão.

As campanhas que vivem de impor uma verdade, um conteúdo, sem checar se o público está interessado; que escolhem planos de mídia de uma maneira X porque já estão acostumados; que não acreditam na audiência da internet, ou não sabem medir; feitas por publicitários que não sabem o que está acontecendo na internet estão fadadas ao fracasso.

Só não vê quem não quer.

Blogged with the Flock Browser

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *