Os usos mais interessantes e inovadores do Google Wave

No lifehacker, fizeram uma lista de usos interessantes colaborativa, onde usuários do site citavam coisas que já tinham feito por lá. Um grupo de professores discutindo como vai ser a educação no futuro (no Brasil, a maioria dos professores nem email usa, néam?) Um grupo de alunos usa uma Wave para tomar notas das aulas, colaborativamente e em grupo. Assim, … Read More

Summer of Plannning: Overhearding the social media

Bibi, esta craque, me mandou uma apresentação mega bacana de um planner da Fallon americana. Eu ia responder pra ela num email, mas quando vi, tava tão grande que vou colocar aqui, e vocês entrem na discussão também. O objetivo da apresentação é aproveitar vantagens que as redes sociais apresentam para o planejamento de ações de comunicação. Ele divide em … Read More

Mudando de trabalho, de novo

É oficial. Estou procurando trabalho com contrato de novo. Depois de 6 meses, a estrutura de comunicação da justinmind está montada, e eu vou trabalhar para outros clientes. Recomendo a todo criativo passar um tempo fazendo outras coisas, tentando entender o trabalho do atendimento, do estratega, do cara que decide os preços do produto, ou mesmo a estratégia de vendas. … Read More

Pra quê serve a publicidade? Ela faz as pessoas comprarem?

Por quê as pessoas compram produtos de marca? Por quê gasta-se tanto dinheiro com anúncios, com pesquisa, com focus groups? Como isso funciona? Qual é o valor da publicidade? Porque a publicidade conta uma história. Comprar é dizer algo. É afirmar algo. Os produtos que têm um valor simbólico agregado normalmente custam mais caro, têm um recall de marca maior … Read More

Outro pedaço da monografia: denotar x conotar

Continuando a série de coisas interessantes que eu achei na minha monografia, encontrei um trecho no qual diferenciava o discurso banal de “compre o meu produto” e ressaltava a importância de criar uma história ao redor do produto. Atualmente outro tipo de discurso que não seja meramente denotativo é necessário para diferenciar um produto de outro, com a intenção de … Read More

Orgulho de mim mesmo: trechos da monografia de graduação em publicidade

Resolvi reler a minha monografia de conclusão de curso (escrita na pré-história, defendida em fevereiro de 2005), e me surpreendi com algumas coisas que lia na época, e com trechos de parágrafos. Surpreende-me ter escrito coisas sobre Storytelling numa época na qual era mais comum o Storyteller do sistema de RPG. Começava assim: Assim como o lado inconsciente da mente, … Read More

3 coisas que os líderes fazem para melhorar, aumentar e fortalecer a tribo

Estou resumindo o livro Tribes, do Seth Godin, como trabalho de conclusão da pós, e também vou utilizar alguma parte deste material no mestrado. O resumo tem que ser curto, do tipo 10 páginas, então fiz em forma de 8 posts, que vou disponibilizar. Não é o trabalho final, porque estou esperando que vocês leiam e encontrem algum erro, falha, … Read More

Na minha cultura ou na sua?

O Graveheart tava contando que, no Japão, as produtoras de games eróticos estão pensando em bloquear o acesso a IPs de outros países. A razão é que estes jogos são permitidos lá, mas não em outros, e, dada a reação da mídia internacional aos seus produtos, talvez o governo comece a pressioná-las. É um caso estranho, mas comum, da globalização. … Read More

Um salto profissional, provavelmente.

A maioria dos leitores aqui sabe que eu não estou mais publicitário, no sentido strictu da palavra. Não faço mais titulinhos legais (nem nunca fiz nenhum genial), mas agora estou responsável por toda a comunicação da empresa. Escrevo provavelmente mais, e com mais profundade que nunca. Faço tutoriais sobre como fazer wireframes, planejo editar um curso do programa que vendemos, … Read More

TED Talk da segunda: What the consumer wants? – Joseph Pine, 2004

Na segunda-feira, deus-comerciante criou o comércio. Na terça, os produtos. Na quarta, o diabo transformou os produtos em commodities, então deus criou os serviços. Na quinta-feira, deus criou a internet e tudo virou commodity. Na sexta, criou as experiências, e tudo agora é experiência. Os vinhos, uva destilada e fermentada, ainda são uma das coisas que são consumidas em massa … Read More