O email que eu recebi da Saatchi & Saatchi Los Angeles

Uma grande agência de publicidade tradicional como a Saatchi & Saatchi, com vários clientes de nível mundial, como a Toyota, por exemplo. Mandam um email pra mim. Com meu nome, e um pdf com o meu apelido. Eu deveria estar contente.

Mas não.

Agência de propaganda tradicional adora resolver problemas com advogados

Era uma diretora de business affair, dizendo que eu infringi os direitos autorais da empresa e que deveria tirar um post do meu posterous do ar. Eu uso a ferramenta só pra guardar links. Apesar de ter até alguns seguidores, é como o meu delicious, só que com imagens. No post, eu só tinha colocado (com crédito no título à agência e ao cliente, o vídeo de um case deles e um link para o site de onde tinha tirado (podem clicar!).

Sintam o naipe do processo: baixem o pdf da notificação (que eu não mudei nem o nome do arquivo) clicando aqui.

Clicaram no link?

Pois é. Um vídeo que a Saatchi & Saatchi fez para divulgar uma ação de social media bacana para seu cliente, Toyota, e que saiu publicado em uma grande revista. A revista não achou ruim. A agência sim. E me mandou o mail com um discurso juridiquês bem fuleiro.

Os caras fazem uma ação de social media, eu republico e eles ameaçam me processar?

É isso mesmo que você ouviu. E tem mais. Se você ligar agora, eu ainda explico que business affair não significa ter um caso com colegas de trabalho.

O slogan da assinatura explica tudo: Nothing is impossible

Até mesmo ameaçar processar quem dá eco pra uma ação de social media. É praticamente como fazer um viral e depois pedir que não contem pra ninguém.

Dá muita pena ver profissionais da velha propaganda lutando pra sobreviver. Sério.

O melhor a fazer numa hora dessas: não brigar com as agências tradicionais

Tirei o post do ar. Afinal, só queria guardar o link como referência do caso mesmo, e compartilhar com alguns seguidores. Não é a melhor ideia do mundo, nem a pior. Mas não vale a pena discutir com os dinossauros, né? Perguntei à minha interlocutora nessa agência velha se não é muito chato ficar mandando email pra todo mundo.

Quer dizer, só é chato se você fizer campanhas boas e todo mundo retwittar.

0 Comments on “O email que eu recebi da Saatchi & Saatchi Los Angeles”

  1. É porque a Toyota não deve ser uma lovemark como dizia o próprio Kevin Roberts…

    Saatchi fail [2]

    isso vai dar mto o que falar.

    1. Não sei se é de toda a rede, só a agência de Los Angeles ou só a mulher que assinou a notificação, mas embaixo dos telefones e emails dela, tinha escrito Nothing is Impossible.

      Tô brincando não.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *