Quantas redes sociais a gente precisa pra viver?

De repente, você faz um blog. Um grupo de pessoas começa a visitá-lo porque você, de vez em quando começa a compartilhar coisas interessantes sobre comunicação, publicidade, etc. Aí, você desiste de publicar seus contos e outras bobagens lá, e cria um blog secreto, só pra literaturas. Não conta pra ninguém. Como gosta de tirar fotos, começa a compartilhá-las no Flickr, que é mais fácil. Os links legais que você vê o dia todo precisam ser guardados em algum lugar, por isso você cria um delicious, que publica automaticamente no Twitter, que por sua vez, compartilha conteúdo com o Facebook e no LinkedIn, cada um deles com informações pessoais suas diferentes. Um para amizades, outro para trabalho. Mas você tem amigos em outros países e usam outras redes, então tem perfis no Orkut e Tuenti. Pra compartilhar informação em espanhol, escreve ocasionalmente em mais um blog, e ainda planeja escrever sobre viagens e compartilhar besteiras.

Compartilha música no blip.fm, vídeos no YouTube, está online o dia todo em comunicadores instanâneos como gtalk, msn, icq, skype e ainda tem gente que liga pro telefone pra oferecer planos inovadores, com um telefone novo grátis?

Pra quê?

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.