regras para a criação de movimentos

Estou resumindo o livro Tribes, do Seth Godin, como trabalho de conclusão da pós, e também vou utilizar alguma parte deste material no mestrado. O resumo tem que ser curto, do tipo 10 páginas, então fiz em forma de 8 posts, que vou disponibilizar. Não é o trabalho final, porque estou esperando que vocês leiam e encontrem algum erro, falha, comentário ou crítica. Sim, sou um aproveitador. Mas fiquem com a recomendação, que o livro é massa.

Anatomia de um movimento. (p23)
O senador Bill Bradley definia um movimento por 3 elementos:
uma narrativa que conta uma história sobre quem somos e o futuro que queremos construir;
uma conexão entre líder e tribo;
algo a fazer – quanto menos limites melhor. Sem um objetivo, uma tribo não vai ser mais do que um grupo de “senhoras donas de casa, 30-55 anos, classes A-B, residentes em cidades com mais de 200 mil habitantes”.

O público errado
A maioria das organizações perdem tempo fazendo marketing para as multidões. É mais fácil e lucrativo fazer marketing para as tribos. São os apaixonados pelo FC Barcelona, os consumidores das câmeras Lomo, as pessoas que vêm do outro lado do mundo para ver o Sonar. “Organizações inteligentes fazem marketing para as tribo”s. (p26)

A diferença entre tribo e multidão
Multidão – tribo sem líder
Multidão – tribo sem organização

Elementos-chave para criar um micromovimento. (p88)
Com estes elementos, é possível começar a transformar um grupo de pessoas numa tribo organizada.

1publish a manifesto
Give it away and make it easy for the manifesto to spread far and wide. It doesn’t have to be printed or even written. But it’s a mantra and a motto and a way of looking at the world. It unites your tribe members and give them a structure.

2 make it easy for your followers to connect with you
It could be as simple as visiting you or e-mailing you or watching you on television. Or it could be as rich and complex as interacting with you on Facebook or joining your social network on Ning.

  • Ning é uma plataforma gratuita. O triiibes.com está hospedado lá, assim como milhares de outras redes específicas.

3 make it easy for your followers to connect with one another
There’s that little nod that one restaurant regular gives to another recognized regular. Or the shared drink in an airport lounge. Even better is the camaraderie developed by volunteers on a political campaign or insiders involved in a new product launch. Great leaders figure out how to make these interactions happen.

  • É aqui onde as empresas que tentam calar os consumidores ou impedir que estes tenham opinião em relação à marca têm problemas. As pessoas querem interagir entre si, e contar as coisas boas e ruins que acontecem em suas vidas. Os marketeiros devem tentar ajudar a que falem bem, e não impedir que falem mal.

4 realize that money is not the point of a movement
Money exists merely to enable it. The moment you try to cash out is the moment you stunt the growth of your movement.

  • O dinheiro não é o objetivo do movimento. Um desconto nunca cria fidelidade de marca.

5 track your progress
Do it publicly and create pathways for your followers to contribute to that progress.

  • Os fãs de verdade gostam quando a sua tribo cresce. Pensem nos fãs da Apple, que apoiam e tornam-se verdadeiros vendedores da marca.

Princípios que regem o marketing tribal
1 Transparency really is your only option
Every failed televangelist has learned this the hard way. The people who follow you aren’t stupid. You might go down in a scandal or, more likely, from ennui. People can smell subterfuge from a mile away.

  • Um pedido de desculpas falso, ou tratar consumidores como lixo, pode ser fatal para a sua empresa. Poderia fazer uma lista imensa de empresas que agiram sem transparência e se deram mal.

2 your movement needs to be bigger than you
An author and his book, for example, don’t constitute a movement. Changing the way people apply to college does.

  • Se o objetivo da sua empresa for apenas ganhar dinheiro, vai ser somente mais uma. O objetivo da Ferrari ainda é fazer os carros mais desejados do mundo.

3 movements that grow, thrive
Every day they get better and more powerful. You’ll get there soon enough. Don’t mortgage today just because you’re in a hurry.

  • Exibição em horário nobre da televisão não é garantia. Nada é garantia, na realidade. Mas o importante é continuar expandindo o movimento.

4 movements are made most clear when compared to the status quo or to movements that work to push the other direction
Movements do less well when compared to other movements with similar goals. Instead of beating them, join them.

  • Não compare o seu movimento com outros movimentos. Compare com empresas/marcas/bandeiras que defendem o continuísmo. Aí sim, você vai entender melhor o seu posicionamento e o seu objetivo.

5 exclude outsiders
Exclusion is an extremely powerful force of loyalty and attention. Who isn’t part of your movement matters almost as much as who is.

  • Público-objetivo: todo mundo = falha total. Você sabe exatamente quem não é Harley Davidson, quem não é Nike, quem não é Starbucks. Eles têm uma ideologia exatamente porque têm algo contra, pessoas que não encaixam com a sua história/modelo/projeto/movimento.

6 tearing others down is never as helpful to a movement as building your followers up.

  • Construir algo sempre é melhor do que destruir. É mais fácil conseguir empatia, ajuda e continuar adiante com movimentos produtivos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *